— Monte da Baga

LOCAL E LAYOUT

Esta propriedade, com cerca de três hectares, está a 2.5km de distância de Sul, também ela na estrada para o Fujaco. Situada na Gralheira, tem uma exposição solar tão ampla e franca como a sua belíssima paisagem, o que permite uma maturação precoce das bagas.

Esta área ardeu por duas vezes nos últimos 10 anos e resolvemos convertê-la num pomar – é bom fazer nascer fruta das cinzas. Por uma questão de prevenção, toda a área está equipada com bocas de incêndio e provida de corta fogos.  Esta face do monte tem uma forte inclinação, o que levou a que aqui também abríssemos socalcos, o que contribuiu para uma área de plantio menos densa mas muito mais bonita.

Nesta propriedade, encontra-se uma mina de água que abastece tanto esta como outras propriedades. A água é captada no sopé, sendo depois bombeada para dois reservatórios que ficam no cimo do Monte da Baga, para que a rega seja feita pela força da gravidade. Água cristalina, sol abundante, ares puros a cheirar a pinho, urzes, carqueja e rosmaninho – que primoroso lugar para fruir.

 

VARIEDADES

De entre os diversos grupos de mirtileiros, o Highbush é o que melhor se tem adaptado à zona geográfica do Vale do Vouga.
Destacamos nas plantações Casamilos os seguintes cultivares:

Bluecrop, Gouldtraube, Duke, Usarkblue
Estas variedades demonstram um um comportamento de grande adaptabilidade ao solo e clima das nossas quintas. As baixas temperaturas existentes nesta área revelam-se fundamentais para a dormência da planta. As altas temperaturas do verão serrano também são importantes para a maturação do fruto, conferindo-lhe excelentes qualidades de sabor, perfume e textura.

 

PLANTAÇÕES E COLHEITA

 

 

QUER VISITAR O MONTE DA BAGA?
Saber +